Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.20/2078
Título: Inhabiting in Financial Times: Housing and the Production of Space in Democratic Portugal [FINHABIT], 2016-2019
Autor: Santos, Ana Cordeiro (coord.)
Silva, Ana Rita
Carmo, André
Ascensão, Eduardo
Ferreira, João Pedro
Rodrigues, João
Malheiros, Jorge
Reis, José
Serra, Nuno
Teles, Nuno
Ribeiro, Raquel
Salgueiro, Teresa Barata
Castela, Tiago
Neves, Vítor
Palavras-chave: financeirização
habitação
espaço
desenvolvimento desigual
Data: 2020
Citação: Santos, Ana Cordeiro (coord.); Silva, Ana Rita; Carmo, André; Ascensão, Eduardo; Ferreira, João Pedro; Rodrigues, João; Malheiros, Jorge; Reis, José; Serra, Nuno; Teles, Nuno; Ribeiro, Raquel; Salgueiro, Teresa Barata; Castela, Tiago; Neves, Vítor (2020): Inhabiting in Financial Times: Housing and the Production of Space in Democratic Portugal [FINHABIT], 2016-2019. Arquivo Português de Informação Social, Lisboa. APIS0059, <http://hdl.handle.net/10400.20/2078>.
Resumo: O projeto FINHABIT visa estudar a relação entre a provisão de habitação e a produção de espaço em Portugal a partir de 1974. Ao analisar a habitação neste país europeu semiperiférico - debruçando-se sobre as formas como a finança tem moldado o uso do espaço -, o FINHABIT pretende ilustrar a importância da incorporação do espaço nos estudos sobre financeirização e da financeirização nos estudos geográficos. A financeirização, comummente entendida como o aumento da influência das motivações, dos atores e dos mercados financeiros na economia e na sociedade, revela-se de importância crucial para o entendimento da evolução recente do capitalismo contemporâneo. Todavia, enquanto é já largamente reconhecido que a financeirização aprofundou o alcance da finança entre atores e espaços, novos ou já existentes, a investigação científica tem permanecido insuficientemente atenta às tensões entre as espacialidades relacionais e territoriais. O FINHABIT adota uma abordagem interdisciplinar, colocando o estudo da provisão de habitação nos seus contextos histórico, político e geográfico com o objetivo de expor as suas diferenciadas dimensões sistémicas, de especificidade sectorial e geográficas. O FINHABIT organiza a investigação com base em questões relevantes para o tema em estudo, que compreendem diferentes níveis, escalas e unidades de análise (por exemplo, as políticas europeias, os sectores financeiros e de habitação e a experiência dos indivíduos), assim como na consideração de múltiplas variáveis explicativas materiais e não materiais, incluindo os interesses e valores que são favorecidos (ou prejudicados) pela financeirização, e os diversos meios por que estes são promovidos (por exemplo, alterações institucionais e discurso).
FINHABIT aims at studying the relation between housing provision and space production in Portugal from 1974 onwards. By studying housing in this semiperipheral European country, looking at the ways in which finance has shaped the use of space, FINHABIT endeavours to illustrate the importance of bringing space into financialisation studies, and financialisation into geographical studies. Financialisation, broadly understood as the rise in the role of financial markets, actors and motives in the economy and society, is crucial to understanding the recent evolution of contemporary capitalism. But while financialisation is claimed as broadening and deepening the reach of finance within existing and new actors and sites, research has been insufficiently attentive to tensions between territorial and relational spatialities. FINHABIT adopts an interdisciplinary approach, placing the study of housing provision in Portugal within its historical, political and geographical contexts so as to expose their systemic, sectorspecific and geographically differentiated dimensions. It organises research on the basis of relevant questions to the case at hand, inclusive of different levels, scales and units of analysis (e.g. European and national policy, the financial and the housing sectors, and individual behaviours and experiences), as well as the consideration of varied material and nonmaterial explanatory variables, including the interests and values that are favoured (as well as hindered) by ongoing processes of financialisation, and the diverse means by which these are promoted and advanced (e.g. institutional change and discourse), even if open to contradictions and tensions.
Descrição: Para uma descrição completa do estudo, http://www.apis.ics.ulisboa.pt/catalogo/APIS0059.
URI: http://hdl.handle.net/10400.20/2078
Aparece nas colecções:Coleção APIS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
APIS0059_basededados.savBase de Dados FINHABIT978,89 kBUnknownVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
APIS0059_questionário.pdfQuestionário FINHABIT537,1 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
APIS0059_codebook_nesstar.pdfCodebook1,21 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterLinkedInMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.